22 de janeiro de 2014

Que tal algumas dicas para facilitar o dia a dia?

O dia das mulheres modernas deveria ter, pelos menos, 48 horas. Além da rotina profissional, muitas delas ainda têm que enfrentar o peso de estar à frente de um lar, com marido, filhos e todas as responsabilidades que essas multitarefas requerem. “Para elas, a vida tem que ser facilitada e, até nisso, a decoração pode ajudar”, afirma a arquiteta Andréa Parreira.

O projeto ideal para a casa de uma mulher nesse perfil deve ter foco 100% na praticidade e basta responder algumas perguntas simples, como: quais são as necessidades principais do seu cotidiano? Em quais atividades gostariam de gastar mais ou menos tempo? Qual é o tamanho de sua família? “Com base nessas respostas, o arquiteto consegue pensar em soluções práticas, aplicando pisos, tecidos e objetos fáceis de manter e limpar, sem prejudicar a composição do ambiente”, detalha Andréa.

Priorizando a facilidade na hora da limpeza, os materiais mais indicados para o piso são o porcelanato ou o mármore, no caso do ambiente necessitar de algo mais sofisticado. Para os móveis, a madeira com acabamento em laca alto brilho é a queridinha das mulheres práticas, além de proporcionarem uma atmosfera moderna, é a melhor opção nos quesitos manutenção e limpeza. “Pode-se optar pelo vidro tanto em móveis, como em objetos de decoração, pois contribui deixando o espaço mais leve, dada a sua transparência”, diz a arquiteta.

Para tapetes e cortinas, a dica é, sem dúvida, o uso daqueles que são fáceis de lavar. “O voal, por exemplo, pode ser lavado em casa e costuma ter um custo mais acessível, além disso mantém a transparência, permitindo a entrada da luz na medida certa”, afirma a arquiteta.

O home office não pode ser deixado de lado, já que cada vez mais as mulheres têm unido o tempo do trabalho à dedicação ao lar e aos filhos, levando algumas tarefas para casa.

“O escritório precisa ser iluminado e confortável, sem perder a sua função principal. A orientação é para utilizar gaveteiros ou estantes modulares para armazenar papéis, fazendo uma revisão periódica do que realmente precisa ser guardado”, comenta Andréa.

As mulheres modernas, em geral, valorizam casas mais clean, sem muitos adereços e acessórios desnecessários. “Na hora de escolher o que vai decorar o espaço, a dica é optar por poucos objetos, levando em conta, essencialmente, os que digam algo sobre a personalidade da pessoa, como um porta-retrato ou uma lembrança de uma viagem”, aconselha a arquiteta.

Por último, é preciso pensar em um refúgio. “A mulher moderna precisa de um canto só para ela, onde ela vai poder relaxar, seja ouvindo música, lendo etc”, diz a arquiteta. “O banheiro pode ser este lugar especial, se for amplo, é possível instalar uma banheira, para recarregar energias. Outra opção é uma biblioteca, com uma poltrona confortável e aconchegante”, completa Andréa. O importante é que ela invista algum tempo em si mesma, para que a rotina não a faça esquecer o como é bom ser mulher.

 


0 comentários